roer unhas

Como parar com o hábito de roer unhas? Entenda!

Powered by Rock Convert

Onicofagia é o nome técnico utilizado para essa obsessão de roer unhas. Geralmente, está associado a transtornos psicológicos, como ansiedade, problemas emocionais, depressão ou insegurança. Entretanto, algumas crianças, a partir dos 4 anos, desenvolvem esse hábito por imitar os adultos e, depois, tem dificuldade de parar.

O mau hábito de roer unhas, além de deixar as mãos com uma aparência desfavorável, pode trazer problemas à sua saúde. No entanto, por mais que as pessoas saibam alguns desses fatores prejudiciais, esse costume afeta crianças e adultos de todas as idades. Contudo, existem maneiras de amenizar ou acabar com o vício de uma vez por todas.

Se você é uma dessas pessoas ou conhece alguém com onicofagia, continue esta leitura para entender o quanto isso é prejudicial, bem como se livrar do vício. Acompanhe!

Quais os prejuízos de roer unhas?

Roer unhas é uma mania tão comum, que muitas vezes não notamos quando alguém faz isso com frequência, principalmente quando você é essa pessoa — só se dá conta quando se machuca, não é mesmo? Além disso, pode parecer algo inofensivo, mas não é.

Contaminação bacteriana

As mãos têm contato com várias superfícies, além de tocar em outras partes do corpo. Por mais que você lave as mãos, por exemplo, depois de ir ao banheiro, sempre ficam algumas bactérias, principalmente nas unhas.

Nesse sentido, quando levar a mão à boca, aumentará a quantidade de bactérias nessa região, que podem afetar o aparelho digestivo e bucal. Portanto, podem resultar em diarreia, gengivite, mau hálito e outros problemas de saúde.

Feridas

Ao roer unhas a pessoa utiliza os dentes como serra e a força da mandíbula para cortar a unha e cutículas. Com certeza, esse não é o melhor jeito de aparar as sobras, por isso pode machucar e, principalmente, inflamar a região, devido às bactérias e corte inadequado.

Powered by Rock Convert

Como parar de roer unhas?

Agora que você sabe o quanto esse hábito é danoso ao seu bem-estar, veja como parar com o problema ou, pelo menos, diminuir.

Mantenha as unhas cortadas

Para quem sofre com o vício, ter unhas compridas ou pontas salientes pode ser atrativo para roer. Por isso, mantenha as unhas bem aparadas para evitar a vontade. Inclusive, tenha um cortador ou lixa por perto, assim, quando precisar, você corta a unha ao invés de roê-las.

Tenha sempre uma goma de mascar

No entanto, para problemas relacionados à ansiedade, mascar gomas pode ajudar a aliviar a tensão, consequentemente evitar roer as unhas. Quando sentir essa vontade ou perceber que está com a mão na boca, utilize uma goma de mascar.

Utilize esmaltes

Por fim, os esmaltes podem ser aliados para resolver o problema. Sendo assim, você tem a opção de utilizar bases com gosto amargo, indicadas tanto para mulheres quanto para homens.

Além disso, para quem gosta de manter as unhas bonitas, pode utilizar a esmaltação colorida. Assim, serve como um incentivo ao ver as mãos bem-feitas, diminuindo as chances de estragar a manicure.

Portanto, roer unhas apesar de ser um hábito muito ruim, deixa uma má impressão nas mãos. Como incentivo para parar com esse hábito, lembre-se sempre dos malefícios que traz para sua saúde e utilize as dicas citadas até tornar um hábito não colocar as mãos na boca.

Se você gostou desse artigo, aproveite para curtir a nossa página no Facebook e ficar por dentro de mais conteúdos focados em sua beleza e em seu bem-estar.

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.