queda capilar por stress

Queda capilar por stress: como identificar e tratar os cabelos?

Entender as causas da queda capilar por stress é fundamental para escolher as melhores formas de tratamento para controlar a queda de cabelo. Às vezes, os episódios de stress são passageiros, mas os seus efeitos sobre o corpo persistem por longos períodos. É por isso que as consequências do stress geram tantos problemas físicos e ainda pioram o estado emocional.

Nesse sentido, vamos explicar como o stress provoca a perda dos fios e por que isso acontece. Conheça os sinais que indicam a queda capilar por stress e veja como lidar com isso para superar o stress, recuperar a tranquilidade emocional e a saúde dos seus cabelos. Acompanhe!

O que provoca a queda capilar por stress?

Pessoas que passam por períodos de stress muito intenso ou mesmo moderado estão mais sujeitas à queda capilar por stress, pois nessas circunstâncias, os fios ficam mais fracos e começam a cair bem mais que o normal. Isso acontece porque os efeitos do stress excessivo sobre o organismo podem se manifestar de diversas formas.

Quando os níveis de stress ultrapassam o normal, a primeira resposta ocorre na liberação de alguns hormônios. Essas substâncias — os hormônios — são responsáveis pela regulação de quase todas as funções do organismo e também exercem muita influência no surgimento de diferentes doenças.

Existe uma estrutura, pouco acima dos rins, conhecida por glândula supra-renal (“supra” significa acima e “renal” por ser dos rins), que é responsável por fabricar vários hormônios. Essa glândula produz, também, a noradrenalina e o cortisol, hormônios que são ativados durante o stress.

Se as taxas de cortisol aumentarem ocorre, entre outras complicações, a queda dos cabelos. Quando alguém tem problema emocional e fica muito estressado, o cérebro manda mais oxigênio para os órgãos vitais. Nessas situações, o cérebro não considera cabelo como algo importante. Então, com menos nutrientes, os fios ficam fracos e caem.

Como saber se está com queda capilar por stress?

Um dos primeiros pontos para análise é observar se a queda dos fios já estava acontecendo antes ou se começou durante a quarentena. É importante considerar que stress e queda de cabelos podem ser influenciados pela pandemia do novo coronavírus.

Pelo menos por enquanto, o aumento desses casos de queda capilar por stress é visto pelos dermatologistas como uma das consequências da pandemia. Esse quadro pode ser agravado tanto pelo medo de contrair a doença, quanto pela necessidade de modificar o estilo de vida para se adaptar à nova situação.

Agora, voltando ao cortisol, ele é liberado em situações de alerta por stress e ainda reduz a liberação dos hormônios responsáveis pelo bom humor. Por isso, se a pessoa não buscar ajuda para solucionar as crises de stress, há o risco de evoluir para outras doenças mais preocupantes.

Para ajudar na identificação dos sintomas mais comuns do stress, listamos alguns quadros que exigem atenção especial. Veja quais são:

  • tensão muscular;
  • coração acelerado;
  • picos de pressão alta;
  • respiração difícil e ofegante;
  • tristeza sem causa aparente;
  • dores nas costas e no pescoço;
  • crise frequentes de enxaquecas;
  • esgotamento físico e emocional;
  • fadiga e sensação diária de mal-estar;
  • insônia ou dificuldade para pegar no sono;
  • problemas de estômago como azia, muitos gases e diarreia.

Observe se você apresenta algum sinal desta lista e busque ajuda médica ou psicológica. Muitas vezes, a queda de cabelo pode ser apenas um alerta de que algo não vai bem. Por isso, o ideal é descobrir a raiz do problema e buscar as soluções mais adequadas.

O que pode piorar a queda capilar por stress?

Enumeramos algumas situações que podem acentuar o quadro de queda de cabelos causada por stress. Confira!

Alimentação inadequada

A boa alimentação é um aspecto muito importante para manter a saúde capilar. Então, é necessário desenvolver o hábito de consumir alimentos que contenham nutrientes adequados como vitaminas, minerais e proteínas. Tais substâncias são essenciais ao crescimento e ao fortalecimento dos folículos pilosos.

Sedentarismo

A prática de exercícios físicos é apontada como uma importante aliada do bom funcionamento do organismo para que ocorra o melhor controle do stress. Durante a atividade física são produzidas substâncias que reduzem a ação do cortisol no organismo e, com isso, diminui o stress.

Dermatite seborreica

A dermatite seborreica é uma doença associada ao stress e que causa inflamação no couro cabeludo. Nessa situação, ocorre descamação e coceira que provocam o enfraquecimento e a queda dos fios de cabelos.

Cigarro

O hábito de fumar é um dos principais fatores causadores de diferentes doenças. Como os elementos tóxicos presentes na nicotina afetam a saúde do coração, a circulação do sangue fica comprometida. Desse modo, os pequenos vasos que nutrem os cabelos não conseguem levar sangue até eles. Sem nutrientes, os fios não conseguem crescer e caem.

Como tratar a queda capilar por stress? 

Destacamos as melhores alternativas de tratamento contra a queda de cabelos provocada por stress. Confira!

Busque ajuda psicológica

Considerando a relação entre beleza e autoestima, a terapia psicológica pode ser uma alternativa complementar ao tratamento estético. Além de ajudar a lidar melhor com o stress, a psicoterapia também influencia na recuperação da autoestima, que pode ser afetada pela perda dos fios.

Faça atividade física

Exercitar o corpo é fundamental para oxigenar o sangue, levar nutrientes para o couro cabeludo e recuperar a força dos folículos pilosos (raiz do cabelo). Somado a isso, a atividade física relaxa, melhora o humor e contribui para combater o stress.

Cuide do cabelo em casa

Uma das soluções para diminuir a queda de cabelos resultante de stress é o uso de shampoos antiqueda. Igualmente relevante é fazer hidratações com cremes de reconstrução capilar. Procure cuidar dos fios em casa e utilizar tratamentos específicos para fortalecimento dos cabelos.

Como vimos, o quadro que leva à queda capilar por stress pode ser controlada. Mesmo em casa, é possível fazer terapias complementares para resolver o problema. Logo, enquanto enfrentamos a pandemia, o ideal é buscar formas de diminuir o stress, recuperar os cabelos e melhorar a qualidade de vida.

Gostou deste conteúdo? Assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos como este por e-mail!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.