o que as unhas dizem sobre sua saúde

Afinal, você sabe o que as unhas dizem sobre sua saúde?

O corpo pode emitir vários sinais sobre o estado da nossa saúde, por isso, é muito importante termos atenção com o que as unhas dizem sobre ela. As unhas nos dão dicas de que o organismo precisa de mais atenção. O cuidado com elas é algo que está cada vez mais em alta entre mulheres e homens. Porém, muitas pessoas deixam essa questão de lado e apenas se preocupam com essa parte do corpo na hora de aparar ou limpar.

No entanto, o que muitas pessoas não sabem é que as unhas podem funcionar como um medidor. Através dos sinais que ela fornece, é possível pensar em mudanças nos hábitos de alimentação, se está usando muitos produtos químicos, se a proteína do organismo está baixa e, até mesmo, em sinais de problemas nos rins e fígados, por exemplo.

Por fim, é necessário mantê-las livres de proliferação de fungos e bactérias, por meio de cuidados recorrentes e visitas ao podólogo para prevenção. Neste post, mostraremos o que as unhas dizem sobre a sua saúde. Confira!

Quebradiças

Unhas quebradiças podem ser consideradas normais conforme o envelhecimento ou por causa de muito contato com água e sabão. Mas quando esse problema se torna maior, é importante notar se há outras mudanças de aspectos, como a cor, a densidade ou o crescimento.

A psoríase é uma doença crônica, autoimune, não-contagiosa, inflamatória na pele e articulações. Ela causa a descamação e lesões avermelhadas, principalmente no couro cabeludo, cotovelo, região genital, joelhos, pés, mãos e, claro, unhas. Se não tratada, pode causar esses problemas em todo o corpo. Essa doença pode ser desencadeada por meio de inflamações de garganta ou na pele por lesões, feridas ou queimaduras de sol, química ou elétrica  — e até por estresse.

Grossas

O engrossamento de unhas, geralmente, é um alerta normal de envelhecimento. No entanto, deve-se analisar outros aspectos que ela pode apresentar para verificar se não é nada de mais, como o surgimento de manchas. Algumas causas desse problema pode ser a lesão de uma parte da unha chamada matriz ungeal. Quando isso acontece, leva ao crescimento desproporcional da unha e ao engrossamento. Isso é um mecanismo natural do corpo para evitar futuras lesões.

Outras possibilidades podem indicar a proliferação de fungos ou, no pior dos casos, problemas de pressão.

Côncavas

As unhas côncavas, ou em formato de colher, podem ser apenas uma curvatura interna ou indícios de falta de ferro no organismo, doença no fígado, no coração ou hipotireoidismo, quando há o descontrole da tireoide.

Powered by Rock Convert

Em todos os casos, note outros sintomas no corpo, como: fadiga, se a pele está pálida, em caso de falta de ferro; febre, dor do lado direito do abdômen, náuseas e vômitos, em caso de doença no fígado; falta de ar, dor no peito e palpitações, em caso de doenças no coração; diminuição dos batimentos cardíacos, intestino preso e perda de memória constante, em caso de hipotireoidismo.

Esféricas

As unhas inchadas, avantajadas, de forma arredondada, quase esférica, estão, na maioria dos casos, diretamente relacionadas a problemas no pulmão. Podem indicar fibrose, asbestose pulmonar, enfisema, derrame pleural, entre outros problemas pulmonares. Na maioria das vezes, pode ser que as unhas adquiram um tom azulado. Em outros casos, pode estar relacionada a psoríase, artrite ou alopecia.

Amareladas

As unhas ficam com manchas ou totalmente amareladas quando o seu crescimento é lento e elas podem  — ou não  — estarem grossas. Nesse caso, esse problema é chamado síndrome da unha amarela. Pode ser ocasionada por uma infecção fúngica ou relacionada a problemas respiratórios, doenças renais ou hepáticas. Se sentir outros problemas, como a necessidade de urinar o tempo todo e muita sede, pode ser sintomas de diabetes. No caso de infecção, se não tratada a tempo, a unha pode ficar esverdeada e fragilizada.

Com faixas brancas

As leuconiquias, as faixas brancas nas unhas, podem indicar falta de vitaminas ou cálcio no organismo. Além disso, em casos mais leves, pode ser ocasionado por lesões, reações alérgicas a produtos químicos aplicados diretamente nelas, consequências do envelhecimento ou até uma infecção leve. Em casos mais graves, pode ser sinais de insuficiência cardíaca ou renal, diabetes e alguns problemas no fígado, como a hepatite ou cirrose. Também é comum que isso aconteça em pessoas que estão passando por quimioterapia.

Com linhas escuras

As linhas escuras, que vão da cutila até a ponta da unha, são as mais preocupantes porque podem indicar melanoma subungueal — e quando essas linhas estão em volta das unhas, é chamado de melanoma periungueal. Em ambos os casos, trata-se se um câncer agressivo por ser facilmente caracterizado apenas como uma mancha e isso atrasar o diagnóstico pelo médico.

Essa doença é mais comum em adultos e é decorrentes de fatores genéticos. A exposição ao sol pode intensificar o desenvolvimento dos genes cancerígenos, aumentar a mancha e piorar o quadro. Para identificar se realmente se trata de um câncer, é necessário realizar uma biópsia. Por isso, caso essas linhas venham a aparecer, consulte um dermatologista para uma avaliação.

Com pontos de hemorragia

Pontos vermelhos ou marrons podem indicar alguma lesão na unha ocasionada por um vaso rompido. Se aparecerem com frequência pode estar relacionados a doença como a psoríase ou lúpus. Em outro caso, a chamada hemorragia por estilhaço é caracterizada por linhas de sangue finas na superfície da unha. Essa condição pode estar relacionada a doenças do coração, como a endocardite, uma infecção na válvula que danifica os vasos sanguíneos.

Lembre-se: não faça autoavaliações! Em caso de qualquer mudança nas suas unhas, é muito importante a visita ao médico para a análise e, após os exames, em caso de doença, ele dará o devido tratamento. O estresse e lesões podem afetar a aparência das unhas e nem sempre quer dizer que há problemas maiores. Por isso, faça visitas periódicas ao podólogo para cuidar da saúde delas, tratar problemas mais leves e detectar os casos mais graves. Por fim, mantenha sempre os cuidados com a higiene.

Agora que você recebeu dicas incríveis sobre os sinais que as unhas dão sobre a nossa saúde, que tal assinar nossa newsletter e receber, em primeira mão, mais dicas como esta?!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.