Fortalecimento de cabelo: 6 dicas para melhorar esse processo

Fortalecimento de cabelo: 11 dicas para melhorar esse processo

Seus cabelos estão fracos e quebradiços e os fios têm caído com frequência? Saiba que esses problemas podem estar relacionados ao entupimento dos poros presentes no couro cabeludo, ao descuido com os fios, à falta de nutrientes ou à presença de alguns tipos de química.

A verdade é que cada mulher tem um tipo de cabelo. Seja ele mais grosso, seja ele mais fino, se a espessura do fio tem apresentado mudanças ao longo do tempo, é preciso ter atenção, pois isso pode ser um sinal de enfraquecimento dos cabelos.

É claro que há diversos fatores que podem influenciar a queda e a fragilidade dos fios, como a predisposição genética e a dificuldade do organismo em absorver as vitaminas e os nutrientes necessários para a saúde do cabelo. Contudo, em ambos os casos, a única maneira de devolver a força e o brilho aos fios é apostando em cuidados diários e em produtos de qualidade.

Se você está passando por isso e quer saber como fortalecer o cabelo, continue a leitura e confira as 11 dicas que separamos para você!

1. Faça uma hidratação capilar periodicamente

Para aumentar o fortalecimento do cabelo, é essencial fazer uma hidratação capilar, pelo menos, uma vez a cada quinze dias. A hidratação não age profundamente nos fios como a reconstrução, porém é tão importante quanto — afinal, ela deixa os cabelos mais maleáveis e sedosos.

Em casa, também é possível obter bons resultados. Basta acrescentar vitaminas, Bepantol líquido e óleos de coco e argan junto ao creme de tratamento para potencializar o efeito.

Além de ajudarem no fortalecimento e no brilho dos fios, os óleos ajudam a fechar a cutícula do cabelo, favorecendo a hidratação, a resistência e a disciplina das madeixas.

2. Utilize máscaras fortalecedoras

Se você quer manter as madeixas fortes e saudáveis, procure utilizar máscaras que tenham, em sua composição, aminoácidos e proteínas, como a queratina. Elas auxiliam na reconstrução do cabelo e devolvem o brilho e a elasticidade.

É indicado também que as máscaras sejam utilizadas de uma a duas vezes por semana. No entanto, a frequência da aplicação deverá se dar conforme o estado dos fios. Se o cabelo estiver muito danificado, use-as, pelo menos, uma vez na semana. Caso contrário, aplique-as a cada quinze dias.

3. Programe uma reconstrução capilar

Adotar algumas mudanças no cabelo pode ocasionar danos capilares — e isso piora se elas forem muito frequentes. Se seus fios estão fracos, quebradiços e elásticos, é bom dar uma pausas nas químicas.

O excesso de química é um fator prejudicial para o fortalecimento capilar. Quando é feito um processo sem preparação do cabelo, o enfraquecimento pode agravar, e o mesmo acontece se não houver um pós-química.

Além de seguir as dicas de hidratação e utilizar as máscaras fortalecedoras citadas, programe-se para uma reconstrução capilar e revitalize os seus fios.

4. Cuide da alimentação

Engana-se quem pensa que só produtos de qualidade podem revitalizar os fios. Afinal, a alimentação também pode ser a sua grande aliada em como fortalecer o cabelo e melhorar a sua saúde e a sua aparência. Quanto mais saudável e equilibrada ela for, mais forte e macio será o seu fio.

Por isso, procure ter uma alimentação balanceada e rica em vitaminas e minerais para obter os benefícios. A seguir, listamos as vitaminas essenciais para manter a saúde dos fios e os alimentos em que elas são encontradas.

Vitamina A

Presente em frutas, como mamão e manga, e em produtos de origem animal, a vitamina A estimula o crescimento e o fortalecimento do cabelo.

Vitamina E

Encontrada em sementes de girassol, espinafre, óleo de coco e abacate, a vitamina E melhora a aparência da pele e dos cabelos e ajuda o organismo a produzir novos fios.

Ômega 3

Estimula a produção de colágeno, mantém os cabelos brilhosos e evita a queda capilar. O ômega 3 está presente nas sementes de linhaça, no atum, na sardinha, no salmão e em castanhas e nozes.

Minerais

Presentes nas carnes, no feijão, nas verduras, nos cereais e nos ovos, os minerais são extremamente importantes para a produção de hormônios e para a composição dos tecidos. Em baixa quantidade, podem causar queda de cabelo e deixar a pele seca e as unhas e os fios quebradiços.

Legumes e verduras

Os legumes e as verduras são importantes para o crescimento saudável dos fios e atuam nos pigmentos que dão cor aos cabelos.

5. Aposte nos benefícios das plantas

Por falar em vitaminas e minerais, as plantas também oferecem esses benefícios, além de aminoácidos. Sabe aquela velha dica da vovó de usar babosa para fortalecer o cabelo? Então, ela realmente funciona, além de outros vegetais muito benéficos.

Criamos uma lista para ajudar você a conhecer algumas plantas e suas propriedades para criar várias receitas em casa. Veja!

  • alcachofra: ajuda a acelerar o crescimento;
  • alecrim: com ações estimulantes, fortalece os fios, é antisséptico, tonificante, adstringente e cicatrizante, além de ser ideal para o tratamento contra caspas;
  • alfavaca: auxilia na antiqueda e dá brilho;
  • arnica: fortalece e dá brilho;
  • avenca: auxilia na antiqueda, na anti-calvície e dá brilho;
  • babosa: tem função hidratante com ação regeneradora, curativa, lubrificante, umectante e nutritiva;
  • calêndula: fortalece os cabelos, sendo especialmente vantajosa para os secos;
  • capuchinho: acelera o crescimento e auxilia no fortalecimento das células;
  • Castanha-da-Índia: proporciona mais fortalecimento capilar e diminui a queda de cabelo e a fraqueza;
  • cavalinha: funciona como tônico capilar;
  • folha de amora: ajuda no fortalecimento dos fios;
  • jaborandi: evita a queda, fortalece os fios e potencializa o crescimento;
  • malva: fortalece os cabelos;
  • manjerona: escurece e fortalece os cabelos;
  • salsinha: fortalece e dá brilho;
  • sálvia: escurece e fortalece os fios;
  • sândalo: escurece e fortalece o cabelo.

6. Faça uma boa higienização

Higienizar bem os fios é fundamental para a saúde do couro cabeludo. Um erro muito comum acontece quando as mulheres deixam de lavar diariamente os cabelos por acreditar que isso causa queda. No entanto, deixar de lavá-los pode prejudicar a saúde dos fios, pois pode entupir os folículos capilares, prejudicando o crescimento.

O ideal é que a lavagem seja realizada em dias alternados, em temperatura abaixo de 25 graus. Procure evitar a água quente para lavar os fios, pois ela acelera a abertura da cutícula e pode deixar as madeixas muito secas ou extremamente oleosas.

Quando sentir os cabelos pesados ou, até mesmo, para se livrar de impurezas, utilize, a cada 15 dias, um shampoo de limpeza profunda. Ele retira todas as sujeiras acumuladas, contribuindo para o crescimento saudável dos fios.

7. Proteja os seus cabelos no dia a dia

É extremamente importante que você proteja os seus cabelos contra os raios UV. Para isso, procure usar produtos que tenham, em sua composição, protetor solar, como o leave-in. Ele deve ser aplicado sobre os cabelos após a lavagem com shampoo e condicionador e não necessita de enxágue. Além disso, ele forma uma película nos fios, que protege contra os raios solares e também contra fatores externos, como a poluição.

Vale lembrar que esse produto jamais deve ser aplicado na raiz dos cabelos, pois pode causar caspa e irritação no couro cabeludo.

É importante ressaltar também que incluir esse cuidado na sua rotina vai garantir que os seus cabelos não serão danificados, mantendo-os fortes e saudáveis.

8. Proteja os seus fios do calor excessivo

Outro erro muito comum é não proteger os fios antes da exposição ao calor. Usar frequentemente secador, chapinha e babyliss é uma das causas comuns da queda de cabelo. Após a exposição a esses aparelhos com temperaturas muito altas, os fios ficam fragilizados.

Sendo assim, é indispensável aplicar um protetor térmico. Ele atua de forma diferente do leave-in, que pode ser usado até como finalizador e ainda proteger dos raios solares, como indicamos acima.

O protetor térmico forma uma blindagem nos fios a fim de impedir a exposição das cutículas capilares e a quebra, com o seu foco principal na proteção antes do uso de ferramentas de calor. Com isso, ainda é possível garantir mais durabilidade à escova, ao alisamento ou à ondulação.

Em ocasiões de uso de chapinha ou babyliss, certifique-se de que os fios estão limpos e bem secos para evitar a queda ou a queima.

E se você pensa em abandonar, pelo menos, o secador, não é essa a solução. Deixá-los úmidos por muito tempo pode enfraquecer os cabelos e criar fungos e caspas. O mesmo acontece se você prendê-los molhados, já que os fios ficam fragilizados e podem quebrar.

9. Utilize os produtos adequados

Investir em produtos de qualidade é essencial para garantir o fortalecimento do cabelo. De nada adianta cuidar da alimentação, higienizar bem os fios e hidratar as madeixas semanalmente, se você não utiliza produtos adequados ao seu couro cabeludo.

Portanto, tenha atenção na hora de escolher os produtos. Procure sempre respeitar as indicações que estão na embalagem e prefira shampoos, condicionadores e máscaras que atendam às necessidades e às características dos seus fios.

Jamais escolha cosméticos que não são para o seu tipo de cabelo. As composições para cabelos lisos são diferentes daquelas direcionadas para cabelos cacheados. Por exemplo, alguns shampoos para fios que tendem a ser mais secos, como os crespos, têm óleos em sua fórmula e podem deixar os lisos ainda mais oleosos.

Não se esqueça também de investir em produtos indicados para cabelos quebradiços. Eles fortalecem os fios e combatem a queda.

10. Escolha uma boa escova

A frequência com a qual você penteia os fios pode aumentar a queda capilar, assim como o tipo de escova usada no cabelo, o que também influencia o fortalecimento, igual aos produtos aplicados no couro cabeludo e já citados.

Usar uma escova inadequada para o seu tipo de cabelo pode danificar e enfraquecer os fios e deixá-los quebradiços. Existem alguns modelos com bolinhas massageadoras nas pontas dos pinos capazes de proteger o couro cabeludo e oferecer mais leveza ao desembaraçar.

Para ajudar você, listamos alguns modelos de escovas e pentes para cada tipo de madeixa. Veja abaixo qual é a mais indicada para o seu uso.

Escovas térmicas

Use as escovas térmicas, que são cheias de furinhos e ideais se seus fios forem finos, pois elas ajudam a modelar.

Escova de náilon

Para cabelos grossos, as escovas que têm fios de náilon se encaixam muito bem pela sua flexibilidade. Para evitar o frizz, opte por um material ionizado.

Pente largo de madeira

Esse tipo de pente ajuda a desembaraçar cabelos ondulados. Em casos de alisamentos, use uma escova de cerâmica, que auxiliará para que o efeito liso dure mais tempo.

Escova raquete

É indicada para cabelos longos, finos e lisos. Com as cerdas mais espaçadas, ela desembaraça os fios com facilidade sem danificá-los ou puxá-los.

Escova redonda

Recomendada para todos os tipos de cabelos, principalmente para os repicados ou em camadas, mas pode variar, dependendo do tipo das cerdas.

Pente fino

Ele é mais usado na finalização de penteados. Mas, para você escolher sem erros, use a seguinte regra: quanto mais fino o seu fio, menos espaço entre os “dentes” do pente.

11. Cuide da sua saúde mental

A maioria das pessoas que reclamam da perda excessiva de fios passa ou já passou por um nível de estresse que pode ter sido o fator determinante para a queda capilar. O mesmo pode acontecer com a depressão ou a ansiedade, doenças também relacionadas ao estresse.

O que acontece é que essas enfermidades alteram a produção de oleosidade do seu couro cabeludo e promovem descamação ou aparecimento da caspa, fatores que facilitam a queda.

Além disso, dependendo do nível da depressão e da ansiedade, elas podem alterar os hábitos alimentares ou causar perda de apetite e ocasionar o enfraquecimento dos fios por falta de vitaminas e nutrientes. Por isso, uma boa forma de reduzir o estresse e evoluir para esses transtornos é cuidando do corpo por meio de atividades físicas que sejam prazerosas. Exercitar o corpo libera endorfinas capazes de diminuir a irritação e, consequentemente, a queda de cabelo.

Se você chegou até aqui, provavelmente, leu todas as nossas dicas de como fortalecer o cabelo. A partir de agora, então, você já sabe bem como cuidar dos seus fios e não tem desculpa para não colocar em prática essas sugestões. Priorize sempre bons produtos para cuidar das suas madeixas e mantê-las saudáveis e bonitas. Afinal, um cabelo bem cuidado faz toda a diferença no visual de uma pessoa.

Caso ainda tenha dúvidas de qual cosmético usar ou de onde encontrar, entre em contato conosco e conheça produtos para fortalecimento de cabelo.

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

  1. Meu cabelo é muito oleoso e cai muito

    1. Oi, Ana Maria! Primeiramente recomendamos que entre em contato com um médico dermatologista de sua confiança para analisar o motivo da queda. Também sugerimos que você utilize a linha completa Cavalo Forte e intercale o uso do shampoo com o Jaborandi. Você pode usar a nectavita de Jaborandi, aplicada diretamente na raiz depois de lavar o cabelo e deixar até a próxima lavagem uma vez por semana. Você vai adorar! 😍💕

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.