erros de esmaltação

10 erros de esmaltação para evitar ao fazer as unhas

Você conhece os erros de esmaltação mais comuns? Pintar as unhas em casa pode ser uma ótima alternativa por conta da economia e praticidade. No entanto, é preciso prestar atenção em alguns equívocos cometidos durante o processo, uma vez que podem influenciar na qualidade, saúde e beleza das unhas.

Uma esmaltação mal feita pode causar descascamento, diminuir a durabilidade da pintura, apresentar um visual danificado, enfraquecer as unhas, entre outros problemas que podem surgir posteriormente. Em contrapartida, o cuidado no processo resulta em unhas mais saudáveis e bonitas a longo prazo.

Por esse motivo, neste post mostraremos os 10 erros de esmaltação para evitar ao fazer as unhas. Acompanhe a seguir!

1. Esquecer de hidratar unhas e cutículas

A hidratação das cutículas deve ser feita ao optar por tirá-la ou não. Independente do caso, mesmo aquelas pessoas que optam por não retirar a pelinha com o alicate, devem tomar muito cuidado em manter as unhas hidratadas. Esse hábito evita o ressecamento, deixa a esmaltação mais bonita, fortalece as unhas e as tornam mais saudáveis.

2. Aplicar o esmalte sem passar a base antes

Esse é um dos erros de esmaltação mais comuns ao fazer as unhas em casa. A base é uma camada de proteção contra os pigmentos de cor do esmalte, evitando que as unhas fiquem amareladas. Essa não é apenas uma etapa opcional no processo e, sim, uma parte obrigatória e deve ser realizada sempre.

Além disso, a base cria uma camada lisa para a aplicação do esmalte, o que garante mais durabilidade da pintura.

3. Não lixar a superfície da unha antes de passar a base

A aplicação da base é uma etapa muito importante na esmaltação. No entanto, para criar uma camada protetora eficaz, lixar a superfície da unha é fundamental. Isso vai proteger a região dos corantes do esmalte, o que evita o amarelamento. Existem produtos com nutrientes na composição que podem penetrar na unha e ajudar no fortalecimento da estrutura e incentivar o crescimento saudável.

Lembre-se de que o processo de lixar a superfície da unha deve ser suave e não pode colocar força, já que pode prejudicar a sua estrutura. Além disso, utilize uma lixa polidora ou lixa bloco para fazer esse tipo de acabamento.

4. Passar camadas muito grossas de esmalte

A esmaltação grossa dá um design pesado para a unha, deixa com um aspecto esquisito, demora para secar, pode causar aqueles amassadinhos e dar bolinhas de ar. Sendo assim, o ideal é passar o esmalte de forma que ele fique bem pigmentado, com espessura fina e sem manchas, além de acompanhar o desenho natural das unhas.

5. Nunca usar cobertura intensificadora

Assim como a base é essencial antes do esmalte, após a sua aplicação também é importante aplicar uma camada de cobertura intensificadora. Dessa maneira, é possível garantir um brilho extra à cor, dar um toque final incrível à esmaltação e garantir uma durabilidade maior do design. Lembre-se de que essa se trata da última etapa do processo de esmaltação da unha.

6. Não caprichar na palitação

O toque final para uma esmaltação impecável é fazer a palitação. Essa etapa do processo retira o excesso de borrado enquanto o produto ainda está fresco. Sendo assim, é preciso aplicar a base, a primeira camada do esmalte, a segunda se for necessário e, logo após, fazer a palitação, isto é, antes da cobertura intensificadora.

Para que essa etapa seja bem feita, é importante que a cutilagem esteja em dia. Com isso, o palito conseguirá deslizar em volta das unhas sem barreiras ou impedimentos. Não tem quantidade limite de vezes para passar o palito, o ideal é parar quando o instrumento sair sem esmalte.

Após o esmalte seco, uma nova etapa de palitação pode ser necessária para retirar os resíduos do produto do dedo. Nesse caso, é importante colocar um pouco de algodão na ponta do instrumento e molhar na acetona ou outro tipo de removedor de esmalte.

7. Puxar o esmalte

Quem nunca viu aquela lasquinha de esmalte e sentiu vontade de puxar? No entanto, esse hábito é muito prejudicial para a saúde da unha uma vez que a química não dissolverá e continuará grudada na queratina. Sendo assim, ao ser puxada, a queratina sai junto com o produto, deixando a estrutura da região mais fraca.

8. Não realizar a higienização dos utensílios

Fazer as unhas em casa dá uma certa segurança para as pessoas em não limpar os utensílios. Afinal, as ferramentas são de uso pessoal e não são utilizadas por outros. No entanto, saiba que essa prática é muito errada. A sujeira está por todos os lados e as bactérias podem infectar esses materiais e, consequentemente, as suas unhas.

Sendo assim, lave muito bem os utensílios com sabonetes antibactericidas e à base de álcool, e enxágue na água corrente. Por fim, seque bem com ajuda de uma toalha limpa.

9. Não utilizar produtos de qualidade

Ao comprar os produtos para fazer as unhas em casa, é comum se deixar levar pela embalagem. Esse é um dos erros de esmaltação mais comuns. Isso porque é possível encontrar produtos incríveis em embalagens mais simples. Nesse caso, considere a marca do esmalte, acetona, base etc.

Sendo assim, escolha marcas confiáveis e que sejam referência no mercado, além de ter registro na Anvisa. Dessa forma, você terá uma garantia que está levando um produto de qualidade e seguro para utilizar em casa.

10. Esquecer de fazer a manutenção adequada

No dia a dia, diversas atividades podem estragar a esmaltação das unhas, como lavar a louça e esfregar panelas, por exemplo. Por isso, para garantir mais tempo do esmalte nos dedos e promover um brilho, é fundamental aplicar uma base de acabamento seco a cada dois dias.

Lembre-se que evitar os erros de esmaltação e seguir as etapas corretamente ao fazer as unhas em casa vai garantir a beleza e a saúde da região. Caso contrário, aplicar os produtos da forma incorreta pode comprometer o resultado final, enfraquecer, torná-las quebradiças e deixá-las opacas.

Gostou das nossas dicas? Em caso de dúvidas, entre com contato diretamente com a gente e saiba mais sobre os nossos produtos.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.