Quem tem o cabelo oleoso sabe como este tipo de fio pode ser bastante trabalhoso às vezes! Isso porque é comum as pessoas lavarem os fios no período da manhã e a noite já estar com excesso de oleosidade, especialmente na raiz.

Atualmente já existem diversos produtos e tratamentos para ajudar a resolver esse problema, mas quando aplicados em excesso pode acabar causando um resultado contrário ao esperado: o famoso efeito rebote.

Pensando nisso, criamos este post para explicar um pouco mais sobre o que é esse problema e como evitá-lo. Confira!

O que é o efeito rebote?

Rebote no dicionário quer dizer “consequência de uma ação, algo rebatido”. No caso do efeito rebote, é quando o corpo produz algo para repor ou compensar o que está em falta.

Esse efeito é muito conhecido nos cabelos oleosos, principalmente quando há um excesso de tratamento ou procedimento, o que acarreta o resultado contrário ao desejado.

Por isso, muitas vezes os procedimentos devem ser realizados respeitando um determinado período de tempo entre eles.

Quando o efeito rebote surge?

Como explicamos acima, é comum que ele aconteça quando uma pessoa tenta resolver um problema, mas acaba o fazendo em excesso.

Um exemplo claro é quando os fios são oleosos. Sabe quando o cabelo está com bastante oleosidade e por essa razão a pessoa procura por produtos para resolver essa situação ou acaba lavando as madeixas todos os dias? Dessa forma pode acontecer o efeito rebote.

Ao utilizar com muita frequência um shampoo ou qualquer produto para remoção da oleosidade, isso acaba removendo a oleosidade natural dos fios. Assim, o organismo entende que precisa compensar essa perca e acaba produzindo o dobro da oleosidade normal. O mesmo pode ocorrer ao lavar as madeixas com muita frequência.

O que fazer para evitar o problema?

Em primeiro lugar é preciso saber o que causa o excesso de oleosidade, para isso procure um tricologista. Ele irá solicitar exames e elaborar um plano de tratamento para seu problema.

Além disso, existem alguns cuidados e dicas que podem ser seguidos para evitar esse problema.

Lavar os cabelos na frequência correta

Como informado, lavar os fios com muita frequência pode causar o efeito rebote, principalmente em cabelos oleosos. Por isso, opte sempre por ter uma frequência correta na lavagem das madeixas e que funcione para você.

É necessário saber como seus fios reagem à quantidade de lavagem pré-definida. É comum falarem que não se deve lavar os cabelos todos os dias, mas isso é um mito! Caso isso funcione para você, é possível seguir esse padrão sem problemas.

Manter uma rotina adequada de cuidados

Uma das causas do efeito rebote é o excesso de tratamentos para resolver um problema, como hidratação ou nutrição com mais frequência do que o seu cabelo precisa.

Para que isso não aconteça e ainda sim você consiga chegar ao melhor resultado, o ideal é manter uma rotina padronizada de cuidados. Uma dica legal é criar um cronograma capilar.

Ele funciona como um calendário em que você define as melhores datas e períodos para cuidar dos fios, dentre eles estão à hidratação, nutrição e reconstrução. A agenda depende do cabelo e o que funciona melhor para cada pessoa.

Utilizar produtos específicos para o seu tipo de cabelo

Atualmente existem produtos feitos especialmente para cada tipo de cabelo. Eles são desenvolvidos com ingredientes específicos para os cuidados e necessidades de cada fio. Por isso, ao comprar algum produto, opte sempre por aqueles que tenham características similares às suas madeixas.

Para quem têm cabelos ressecados por exemplo, os cosméticos são mais hidratantes e contam com ingredientes com essa finalidade. Já para os cabelos oleosos, é indicado produtos com a formulação mais refrescante e com maior potencial de limpeza.

Uma dica para quem está com os fios oleosos e não tem tempo de lavar é a aplicação do shampoo a seco. Essa é uma ótima opção para emergências, mas deve ser sempre removido no dia seguinte.

Um erro muito comum de quem tem cabelos oleosos é utilizar o shampoo anti-resíduos com muita frequência. Este produto conta com o pH mais alcalino, o que faz com que remova os resíduos profundamente. Por isso, deve-se usá-lo somente uma vez por semana em casos de oleosidade e para cabelos ressecados, somente a cada quinze dias.

Evitar água quente

A água quente também é uma das principais vilãs que causa o efeito rebote. Ao lavar os fios com altas temperaturas os óleos naturais são removidos causando ressecamento, especialmente da raiz.

Com isso, o organismo produz mais oleosidade para compensar essa perda. Para que isso não aconteça, o ideal é lavar os cabelos com água morna ou fria, evitando ao máximo temperaturas mais altas.

Evitar aparelhos de alta temperatura

Assim como acontece com a água quente, aparelhos de alta temperatura como secador, babyliss e chapinha, tendem a ressecar os fios e remover os óleos naturais. Com isso, acontece o efeito rebote.

Para prevenir esse problema, o ideal é posicionar o aparelho com certa distância da raiz, além de optar pela temperatura mais baixa. Outra dica é aplicar um protetor térmico nos fios para prevenir que fiquem danificados.

Faça uso do condicionador

É comum pensarem que o uso do condicionador piora o excesso de oleosidade, mas a não utilização do produto pode provocar o efeito rebote.

O uso de shampoo para remover a oleosidade pode deixar os fios ressecados, e por isso o condicionador é essencial para hidratar e fechar as cutículas do cabelo, deixando-os brilhantes e saudáveis. O ideal é evitar aplicar o produto na raiz e concentrá-lo nas pontas.

Evite passar a mão com muita frequência

É comum que as pessoas fiquem passando as mãos nos fios ao longo do dia, especialmente se estiverem limpos. Mas essa parte do corpo possui grande quantidade de óleos e pode acabar passando para os cabelos.

Para que isso não aconteça, o ideal é evitar passar a mão nos fios. Opte sempre por utilizar uma escova ou pente caso deseje arrumá-los.

Como você pôde perceber, o efeito rebote pode causar transtornos e desconforto para quem tenha esse problema. Mas, não é uma situação impossível de prevenir e com os cuidados certos é possível ter um cabelo bonito e saudável.

Agora que você sabe mais sobre o efeito rebote e como evitar em cabelos oleosos, já é possível começar a cuidar dos fios, não é mesmo? Então aproveite e entenda uma pouco mais sobre como cuidar do cabelo oleoso.