cuidados com o couro cabeludo

Confira 10 dicas para cuidar do couro cabeludo em casa

Cuidar dos cabelos já faz parte da rotina de muitas pessoas. Hidratação, nutrição, cortes — tudo isso já está incorporado ao nosso dia a dia. Mas você já parou para pensar que, por baixo desse cabelo, existe uma pele que também precisa de atenção?

Manter alguns cuidados com o couro cabeludo é fundamental para preservá-lo saudável e garantir um bom crescimento dos fios. Mas, afinal, o que precisa ser feito? Neste post, reunimos 10 dicas importantes para você cuidar melhor dessa parte do corpo. Vamos conferir!

1. Faça massagens

A massagem no couro cabeludo é uma técnica muito interessante que contribui para o crescimento saudável de novos fios e melhora a saúde da região. Isso porque ela aumenta a circulação sanguínea no local, que alimenta os folículos, mantendo as raízes fortalecidas.

A massagem pode ser feita antes ou durante a lavagem, com as pontas dos dedos em movimentos circulares. Mas tenha cuidado e não utilize as unhas para massagear ou esfregar o couro cabeludo. Isso pode abrir pequenas feridas na pele, que podem evoluir para infecções.

2. Busque por shampoos de qualidade

O shampoo é um produto que entra em contato direto com o seu couro cabeludo, portanto, é importante que ele seja de boa qualidade e com uma fórmula segura para não desencadear alergias ou descamações.

Busque por um produto específico para o seu tipo de cabelo, para usar em todas as lavagens, e utilize um shampoo de limpeza profunda uma vez por semana ou a cada quinze dias, de acordo com a sua necessidade. Esse tipo de produto é uma excelente opção para retirar o acúmulo de resíduos e desobstruir os folículos capilares, proporcionando um crescimento mais rápido e saudável.

3. Aposte em esfoliações

Outro produto interessante para desobstruir os folículos e melhorar a circulação sanguínea do couro cabeludo é o esfoliante capilar. Ele promove uma limpeza mais efetiva, removendo células mortas e resíduos de produtos e proporcionando uma verdadeira desintoxicação.

No entanto, tenha atenção e faça a esfoliação com movimentos suaves e apenas uma vez por mês, para não agredir o couro cabeludo ou desregular a produção de oleosidade.

4. Evite a água muito quente

É importante ficar de olho na temperatura da água na hora da lavagem dos fios. Isso porque a água muito quente estimula as glândulas sebáceas do couro cabeludo, aumentando significativamente a produção de sebo, o que resulta em fios engordurados e opacos e poros obstruídos.

O ideal, portanto, é lavar os cabelos com água em temperatura menor do que 25 graus, ou seja, de morna para fria.

5. Mantenha o couro cabeludo sempre limpo

O excesso de oleosidade no couro cabeludo pode desencadear problemas como caspa, seborreia e queda. Por isso, manter o couro cabeludo sempre limpo permite o controle da oleosidade natural, preservando a saúde do couro e dos fios.

Lave os cabelos com o shampoo específico para o seu cabelo, em dias alternados ou todos os dias, dependendo da necessidade do fio.

Pessoas com fios cacheados e crespos, que são naturalmente mais ressecados, podem aumentar esse intervalo e fazer a lavagem apenas 2 ou 3 vezes por semana.

6. Enxágue muito bem

Essa é mais uma dica importante para manter o couro cabeludo saudável. Após a lavagem, é fundamental enxaguar muito bem os cabelos, pois o acúmulo de produtos na raiz pode entupir os poros, prejudicando a nutrição dos fios e aumentando as chances de queda.

Assim, enxágue completamente o shampoo do couro e aplique as máscaras e os condicionadores somente no comprimento, dando um espaço de dois dedos da raiz.

7. Use finalizadores apenas no comprimento

Assim como os condicionadores e as máscaras, os finalizadores também não devem ser utilizados diretamente na raiz. Devido ao seu alto poder de hidratação, esse tipo de produto pode deixar a raiz mais oleosa do que o normal e, até mesmo, favorecer o surgimento de descamações e caspa.

8. Proteja do sol e das ferramentas de calor

O couro cabeludo, assim como outras partes da nossa pele, também é suscetível à ação dos raios solares e pode se queimar. Por isso é importante utilizar chapéus e bonés sempre que houver exposição ao sol, além de optar por leave-ins e produtos com proteção solar para aplicar no comprimento dos fios.

Outra dica para evitar queimaduras e machucados é ficar atento ao couro na hora de utilizar ferramentas térmicas, como secador e chapinha. Nesses casos, o ideal é manter o secador a uma distância mínima de 30 cm da raiz, e a chapinha, a cerca de um centímetro e meio.

9. Evite químicas

Procedimentos químicos, como escovas progressivas, permanentes, descolorações e, até mesmo, colorações, também podem agredir o couro cabeludo, gerando descamações e feridas. Por isso, é muito importante ter atenção aos componentes dos produtos utilizados.

O ideal é, antes de tudo, fazer uma prova de toque com o produto. Para isso, aplique-o na região atrás da orelha, espere alguns minutos e retire com água. Depois disso, aguarde 24 horas e observe se, nesse período, houve alguma reação alérgica, uma coceira ou uma ardência no local e em sua proximidade.

10. Cuide da alimentação

Você sabia que a sua alimentação também influencia a saúde do couro cabeludo e o crescimento de novos fios? Sendo assim, não adianta seguir todas as dicas anteriores, mas manter uma dieta pobre e cheia de ultraprocessados. É importante, antes de tudo, seguir uma alimentação balanceada e ingerir os nutrientes certos.

Os aminoácidos e as proteínas presentes nas carnes, nos ovos e no leite, por exemplo, estimulam o crescimento e ajudam a fortalecer a raiz dos cabelos. Já o zinco, encontrado em nozes, no gérmen de trigo e nos frutos do mar, além de ajudar no crescimento, também auxilia na redução da oleosidade excessiva da raiz.

Outro nutriente que ajuda a regular a produção de óleo do couro cabeludo é a vitamina A, presente em alguns alimentos, como as folhas verdes, a batata doce, a cenoura, o mamão, a manga e o tomate.

Manter bons cuidados com o couro cabeludo é muito importante para garantir fios mais saudáveis e com bom crescimento e para prevenir problemas, como descamações e caspa. No entanto, se, mesmo tomando todos os cuidados, você notar esse tipo de problema, é preciso procurar um dermatologista.

Gostou das dicas? Compartilhe este post nas redes sociais e ajude mais pessoas a aprenderem a como cuidar do couro cabeludo.

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.