Os cabelos coloridos já têm feito a cabeça de muita gente por aí. Passando por unicórnios e chegando a famosos, como Kate Perry, Yasmin Brunet, irmãs Kardashian e Jared Leto, as cores fantasias transformaram-se em moda para todas idades. Não é para menos: o visual garante um ar com mais personalidade e empoderamento.

No entanto, antes de começar qualquer procedimento nos fios, é importante entender as diferenças de químicas para saber o que combina mais com a necessidade de cada pessoa.

Tinturas permanentes, por exemplo, costumam durar mais tempo e podem alterar o tom em até quatro tonalidades. Em compensação, são mais agressivas, pois mudam a estrutura do fio. Já os tonalizantes são mais suaves, mas duram menos tempo (até 15 dias).

E você? Quer saber como ter cabelos candy color saudáveis? Continue a leitura e siga o passo a passo!

Faça uma boa hidratação antes de ter os cabelos coloridos

Os fios precisam estar preparados para receber uma química. Sendo tinta permanente ou tonalizante, certifique-se de que as madeixas estejam saudáveis, pois esse fato fará diferença no resultado final. Um cabelo mais ressecado e quebradiço tende a ser mais sensível, correndo o risco de estragar ou ter quedas com o procedimento.

O tipo de hidratação ideal dependerá da saúde e estrutura de cada fio. Mas, em geral, produtos que contenham óleos nutrientes, como o de argan ou o de bananeira, dão um bom resultado.

Decida o tipo de coloração

É importante ter em mente aquelas diferenças citadas na introdução sobre as tintas e os tonalizantes. Há ainda outras opções menos usuais, mas que muitas mulheres aprovam, como anilina (aquela comestível mesmo) ou violeta genciana (para a cor roxa).

Existem diferenças de resultados entre cada marca também. Algumas proporcionam um tom mais pastel, outras, uma tonalidade mais vibrante. Há, além disso, as que duram mais tempo e as que utilizam propriedades hidratantes misturadas na fórmula.

Faça a descoloração dos fios

Talvez essa seja a parte mais delicada, pois, em muitos casos, será necessária a ajuda de um profissional. É que a água oxigenada pode detonar as madeixas, se a pessoa não souber usá-la.

Sendo assim, peça orientação de alguém confiável, para que seus fios não estraguem tanto. Alguns profissionais até preferem fazer a descoloração em mais de 1 dia, de forma gradativa, justamente para diminuir a chance de quebrar os fios.

Se você optar por fazer sozinha, faça um teste em uma mecha do cabelo, antes de aplicar em todos os fios.

Aplique o produto escolhido

Da mesma forma, é importante fazer um teste de mecha com a tinta ou tonalizante, antes de passar no cabelo todo, para ter certeza de que não vai causar alguma reação alérgica.

Depois de descolorir pelo tempo necessário, enxágue o cabelo para retirar todo o produto. Normalmente, a própria embalagem do produto especifica o tempo em que ele deve agir. Isso gira por volta de 20 a 45 minutos. Essa duração também varia de acordo com o cabelo. Fios mais claros pegam a cor mais rapidamente.

Pegue o tonalizante ou a tinta e passe mecha por mecha. Dê preferência a produtos que contenham ingredientes hidratantes, pois isso ameniza a química presente.

Para usar violeta genciana ou anilina, basta misturá-las a um pouco de condicionador e passar no cabelo da mesma forma.

É recomendado, nessa parte, usar uma luva nas mãos, para não se manchar. Também coloque uma roupa mais velha, de modo que não haja problema caso caia alguma tinta. Cuidado, ainda, com o rosto. Tente não deixar cair produto sobre ele.

Se a descoloração for feita no mesmo dia de passar o tonalizante ou a tinta, lave o cabelo apenas com shampoo. Deixe os fios secarem, ou utilize o secador, se quiser agilizar o processo.

Lave com shampoo e condicionador específicos

Lave os cabelos com shampoo e condicionador que tenham nutrientes e óleos, assim, você garante um resultado ainda mais bonito e de dar inveja.

Procure por produtos para cabelos quimicamente tratados que contenham nutrientes que devolvam a massa capilar perdida durante esse tipo de procedimento.

Faça a secagem como de costume

Com as mechas bem lavadas, é a hora de fazer a secagem. O secador ajudará a finalizar mais rápido esse procedimento. É recomendado utilizar um protetor térmico antes. Ele ajuda a alisar os fios e protege-os do calor intenso do secador, de raios solares, de poeira e de poluição.

Se achar necessário, a chapinha/prancha deixará o cabelo ainda mais liso. Então, depois do cabelo bem seco, divida as mechas e passe-a em cada uma.

Mantenha os cuidados de forma constante

Alguns cosméticos são feitos especialmente para pessoas que se submeteram a colorações ou outras químicas. Eles são os ideais para tinturas e alisamentos, por exemplo. É bom manter esse cuidado especial em todas as lavagens também.

Máscaras colorantes, como a Extend Color Fantasy, da Haskell, são outra opção e têm a grande vantagem de ajudarem a manter a coloração por um tempo prolongado, já que elas ajudam a tratar os fios ao mesmo tempo que dão cor, sem conter químicas. Elas são, ainda, bem simples de serem usadas, podendo o processo ser feito durante o banho.

Como elas conseguem adicionar coloração aos fios, essa pode até ser uma escolha para quem quer apenas mudanças mais pontuais, como mechas para o Carnaval. O cabelo fica preservado, já que o produto não tem química e a cor sai com o tempo, ao longo das lavagens.

Existem, também, outras máscaras de tratamento que potencializam a hidratação. Um cronograma capilar garantirá um cabelo mais forte, saudável e macio.

Tenha mais ideias de cores para usar

Os tons mais comuns, como ruivo e loiro platinado, ainda são muito procurados e fazem sucesso entre as mulheres. Dificilmente, a pessoa erra ao escolher por essas opções. Mas o que tem ganhado mais espaço mesmo são as cores fantasias, como rosa, roxo, verde, azul e laranja. Entre elas, há, ainda, diversos tons diferentes, como pastéis e fluorescentes.

Os tonalizantes acabam sendo a preferência de quem curte mais uma candy color, pois, como saem mais rápido dos fios, a pessoa pode variar com mais frequência. Dá até para se divertir com isso, inventando a junção de mais de uma cor, deixando os cabelos uma espécie de arco-íris, ou escolhendo dois tons diferentes de uma mesma cor, como a MariMoon já usou. Enfim, as possibilidades são muitas e a criatividade aqui é muito bem-vinda.

Ter os cabelos coloridos já é uma questão de personalidade e costuma colaborar para uma melhor autoestima e empoderamento. Mas é fundamental manter os cuidados capilares, para que o resultado fique sempre muito bonito.

Quer ficar por dentro de mais informações interessantes sobre os cabelos? Assine nossa newsletter e não perca mais nenhum conteúdo!