Cabelos ralos, também sinônimo de poucos fios, é um problema para boa parte de nós mulheres. O fato de ter nossas madeixas sem volume e sem vida faz com que fiquemos frustradas e busquemos soluções que possam dar um up em nossa autoestima. Além disso, o fato pode nos causar preocupação, por não sabermos bem o seu motivo.

Isso quer dizer que muitas de nós, às vezes, reclamamos desse mesmo transtorno, mas nem todas temos cabelos ralos pela mesma razão. Genética, alergias, estresse, falta de vitaminas e excesso de química são apenas alguns dos exemplos que acabam com o volume dos cabelos.

Ainda bem que existem soluções que podem nos devolver aquela força e encorpada nos fios. Está curiosa para saber? Então, siga na leitura e veja as dicas que preparamos!

Evitar tratamentos com formol

O formol modifica a estrutura dos fios, fazendo com que os cabelos fiquem mais finos e porosos. Quando em excesso e usado de forma constante, ele pode, ainda, causar irritações sérias no couro cabeludo e quedas capilares, o que dá a impressão de cabelos ralos e menos volumosos.

Caso você não consiga fugir dos alisamentos, procure por outras químicas menos nocivas e, ainda assim, tente diminuir a frequência dos procedimentos.

Contudo, o ideal mesmo é adotar o estilo natural dos fios, sendo adepta à transição capilar.

Dar um espaçamento nas tinturas e descolorações

Mudar o visual é uma delícia e, muitas vezes, quase uma terapia, concorda? A possibilidade de pintar os cabelos da cor que mais desejamos, desde um platinado clássico aos tons candy colors pode ser viciante para muitas de nós.

Mas tinturas e descolorações também podem colaborar para o enfraquecimento dos fios, que perdem proteína e lipídeos com as técnicas. A amônia, um dos componentes da maioria das tintas, penetra na fibra capilar, abrindo as escamas para as cores serem depositadas. Isso é agressivo, quando feito em exagero.

Uma solução é apostar em tonalizantes, que também dão um efeito lindo e agridem menos.

Ter uma alimentação equilibrada

Os alimentos que ingerimos interferem em aspectos da nossa saúde e aparência. Açúcar e gorduras saturadas em exagero desequilibram a ação de hormônios, nos deixando propícias a desenvolver diversas doenças.

Os nutrientes inadequados contribuem para o aumento dos radicais livres, vilões para a beleza da pele e dos cabelos. A ação deles pode, ainda, prejudicar a atuação de outras células saudáveis em nosso organismo, ocasionando o aumento de rugas, flacidez, enfraquecimento capilar e outros sinais de envelhecimento.

Ao consumirmos bons nutrientes e antioxidantes, conseguimos neutralizar os radicais livres, fazendo com que tenhamos mais saúde, disposição e beleza.

Anote a lista dos principais:

  • vitamina A: presente em alimentos laranjas, como abóbora e cenoura;
  • vitamina C: encontrada em frutas cítricas e vegetais verdes escuros;
  • vitamina E: presente em castanhas, amêndoas e nozes;
  • resveratrol: um dos antioxidantes mais potentes, encontramos na película das uvas escuras e no vinho;
  • licopeno: abundante no tomate;
  • selênio: é um poderoso mineral encontrado no frango, no arroz, no ovo, no feijão e no queijo;
  • zinco: presente no chocolate amargo, em sementes de linhaça, em ostras e no leite integral.

Utilizar suplementos alimentares

Algumas vezes, temos um ritmo de vida bastante acelerado ou contamos com outras peculiaridades, fazendo com que tenhamos dificuldade de ingerir todas as substâncias das quais necessitamos. Uma pessoa vegana, por exemplo, pode ficar com falta de determinados nutrientes, dependendo de como for a alimentação dela.

Assim, é importante mantermos nossos exames de sangue em dia. Caso tenha muito tempo desde a última vez em que você realizou o seu, peça a um nutricionista um hemograma que consiga detectar a falta de vitaminas. Se estiver com o nível baixo em alguma, você pode suplementar, até que tudo se estabilize.

Observar a quantidade de cortisol também é relevante, pois quando passamos por momentos estressantes, esse hormônio se altera e pode levar à queda de cabelo.

Manter os cabelos hidratados

Fazer uma limpeza profunda no couro cabeludo ajuda a retirar as impurezas, para que as madeixas fiquem mais saudáveis. Esse processo também é benéfico para preparar os fios para a entrada de nutrientes provenientes das hidratações capilares.

Adotar o cronograma capilar, com etapas de hidratação, nutrição e reconstrução colabora para repor a água, os lipídeos e a proteína das fibras capilares, deixando as madeixas mais fortalecidas e com vida. Para isso, você precisará de três tipos diferentes de máscaras, para serem usadas de forma alternada.

Consultar um profissional

Oleosidade em excesso, caspa, alergias, alopecia areata, psoríase, dermatite são alguns dos problemas dermatológicos, que atingem o couro cabeludo e podem provocar cabelos ralos.

É importante investigar a origem da disfunção, a fim de que ela seja tratada com remédios e produtos certos. Consultar profissionais de confiança, como dermatologista ou tricologista, faz a diferença para se ter um diagnóstico adequado, pois eles pedem exames específicos e estudam precisamente essa área.

Usar produtos de qualidade

Os shampoos e condicionadores precisam ser de confiança e ter boa qualidade, o que nos deixa mais seguras de que estamos usando produtos que não nos causarão algum mal. Também procure por aqueles que contenham componentes capazes de fornecer um tratamento aos fios.

Cosméticos com biotina, por exemplo, aumentam a elasticidade das fibras capilares, evitam a quebra e ajudam a hidratar. Quando aliada com pantenol e queratina, o resultado é um cabelo com mais resistência, maleabilidade e brilho.

Madeixas com química podem recorrer a produtos com óleos de alto valor nutritivo, já que eles devolvem a massa perdida com os procedimentos, podendo, também, preparar os fios para danos futuros.

Se o problema for a oleosidade, recomendamos apostar em um shampoo que ajude a fazer uma limpeza no couro cabeludo, estimulando a circulação sanguínea e o crescimento capilar. A vitamina H, quando presente, combate a seborreia e previne as quedas dos fios.

Enfim, podemos ter variados motivos para que os cabelos ralos nos incomodem. Por outro lado, temos, também, muitas saídas para reverter a situação e conseguir madeixas mais bonitas e saudáveis.

Gostou do artigo? Que tal conhecer mais um pouco dos nossos produtos e descobrir algo interessante para você?

Qualquer dúvida, pode nos chamar, entrando em contato com a nossa equipe!