Quem nunca sofreu algum problema após fazer um procedimento químico no cabelo que atire a primeira pedra, não é mesmo? Só quem já passou por isso sabe como é triste e desesperador ver seus fios danificados e quebradiços.

O cabelo emborrachado é um desses transtornos, e além de deixar as madeixas com um aspecto feio, causa a queda e quebra dos fios.

Mas você sabe o que é o cabelo emborrachado? Pensando nisso, criamos este post para explicar o que deixa os fios com esse aspecto e como resolver. Confira.

O que é o cabelo emborrachado?

Também conhecido como efeito chiclete, o cabelo emborrachado acontece com mais frequência do que gostaríamos. Além de deixar os fios com um aspecto feio e elástico, ele é uma das principais causas da queda e quebra dos cabelos. Existem diversos motivos que podem causar esse problema, mas o principal deles é o excesso de química nas madeixas.

A perda de queratina do cabelo é o que deixa o aspecto emborrachado, mudando a estrutura e deixando os fios finos e fracos. O cabelo emborrachado apresenta algumas características que ajudam a identificar o problema:

  • o cabelo se quebra ao pentear;
  • se passar a mão nos fios eles não voltam ao estado normal;
  • tem muito frizz;
  • ele se estica até se quebrar.

Quais as principais causas?

O cabelo emborrachado não possui uma causa específica, na verdade, existem vários motivos que podem causar esse aspecto. A seguir, explicamos um pouco sobre os principais.

Realizar processos de tinturas sem fazer o teste de mecha

Uma das principais causas do cabelo emborrachado são as tinturas ou descolorações, especialmente se os fios já possuem outras químicas. Uma das principais especificações para quem pretende tingir as madeixas é fazer um teste de mecha antes, é com ele que a pessoa vai saber se o cabelo aguenta aquele procedimento ou não.

O passo a passo pode ser encontrado nas embalagens dos produtos, ele consiste em realizar a tintura em uma pequena mecha do cabelo. Após o procedimento, pode-se perceber se os fios aguentam aquela química ou se ficarão danificados.

Incompatibilidade dos fios com o produto utilizado

Assim como a tintura, alguns outros produtos podem ser incompatíveis com os tipos de cabelo e por isso causar esse aspecto. Um dos pontos principais é sempre realizar o teste de mecha, especialmente para químicas.

Outra dica é sempre ler a embalagem e evita utilizar cosméticos que não são indicados para seu tipo de cabelo. Quando na dúvida, opte por não usar.

Misturas inadequadas de produtos

A mistura inadequada de produtos ou excesso de procedimentos químicos também são responsáveis pelos cabelos emborrachados. Qualquer tipo de química agride de diversas maneiras as madeixas, ao combinar mais de uma, as chances dos fios não aguentarem são muito grandes. As combinações mais comuns são a aplicação de produtos alisantes e descolorantes, que são os vilões da saúde do cabelo.

Como recuperar o cabelo emborrachado?

É comum que ao se deparar com o cabelo emborrachado a pessoa entre em desespero e pense que não tem como recuperar. Mas com muita paciência, alguns cuidados e tratamentos específicos é possível deixar as madeixas saudáveis novamente.

Invista em hidratações periódicas

Uma das principais maneiras de recuperar a saúde dos fios é fazer hidratações periódicas, é dessa maneira que os fios vão obter os nutrientes e vitaminas necessárias. Elas podem ser feitas com máscaras hidratantes, receitas caseiras e óleos naturais. Uma dica é fazer umectação com óleo de coco semanalmente.

Outra dica importante é apostar em um cronograma capilar. Como o próprio nome já diz, ele funciona como um calendário onde a pessoa intercala os tratamentos de hidratação, nutrição e reconstrução de acordo com a necessidade dos seus fios. A quantidade de vezes que cada procedimento é realizado depende da necessidade do cabelo.

Corte as pontas dos fios

Você já deve ter ouvido falarem que cortar as pontas dos fios deixa o cabelo mais forte. Isso é verdade e acontece porque essa é a parte mais frágil e ressecada as madeixas, o que acaba necessitando de muitas vitaminas. Quando cortamos as pontas danificadas os nutrientes naturais dos fios chegam a todas as partes de maneira igual, deixando-os saudáveis.

Evite procedimentos químicos com curto espaço de tempo

É comum acharem que realizar procedimentos químicos em curtos períodos de tempo não faz mal para os fios. Mas esses tipos de técnicas tendem a danificar os fios, além de remover os nutrientes naturais e deixá-los mais expostos à poluição. O ideal é esperar que uma química saia completamente das madeixas antes de realizar outra.

Fuja no secador e da chapinha

Por conta das altas temperaturas, secadores e chapinhas tendem a danificar e ressecar os fios. Quem está com o cabelo emborrachado deve ficar longe desses aparelhos, isso porque eles podem agredir ainda mais os fios. Caso precise secar as madeixas com o secador opte por temperaturas mais baixas.

Qual a diferença entre o cabelo ressecado e o cabelo emborrachado?

É comum que confundam o cabelo ressecado e o emborrachado, afinal os dois ficam com uma aparência similar. Mas existem algumas características que ajudam a diferenciar os dois problemas, um deles é o aspecto, enquanto o fio ressecado fica sem vida, o emborrachado se torna muito fino e quebradiço.

Os fios ressecados acontecem porque as escamas estão abertas, dando a aparência de estar sem brilho, além de embaraçar com mais facilidade. No caso do cabelo emborrachado, as estruturas estão alteradas, o que os deixa mais frágil e seco, neste caso é mais fácil reparar com as madeixas molhadas.

Cuidar dos fios é essencial para evitar qualquer problema que afete a saúde dos fios, como o cabelo emborrachado. Para isso, use sempre produtos específicos para seu tipo de cabelo, evite procedimentos que possam danificá-los e aposte em tratamentos para mantê-los bonitos e saudáveis. Caso perceba qualquer problema procure um especialista para encontrar a melhor solução para você.

Agora que você já sabe mais sobre o que deixa o cabelo emborrachado e como resolver, já pode começar a cuidar dos fios, não é mesmo? Aproveite e saiba tudo sobre o que é o cronograma capilar e como funciona.