Ter o cabelo bonito é o sonho de 10 entre 10 mulheres. Independentemente de ele ser grande, curto, liso, cacheado, crespo, colorido, sem química, queremos aqueles fios saudáveis, brilhantes e com vida.

A correria diária, às vezes, faz com que abusemos de certas atitudes as quais fazem com que ele fique mais fraco e quebradiço, mas se quisermos reverter isso, precisamos adotar cuidados mais especiais.

A boa notícia é que isso não é difícil e, quando menos esperamos, eles já viram hábitos. Continue a leitura e siga as dicas!

1. Consulte um dermatologista quando necessário

Algumas vezes, condições como caspa, oleosidade em excesso, queda de cabelo, coceiras prejudicam o crescimento e a beleza das madeixas.

O médico dermatologista é capaz de analisar a saúde do couro cabeludo e dos fios e, se for preciso, fazer o encaminhamento à outra especialidade, pedir exames mais específicos, receitar remédios ou vitaminas que ajudem as madeixas a ficarem com mais vida.

Em ocasiões mais particulares, como a alopecia areata, ele pode auxiliar com tratamentos eficientes para o problema.

2. Faça hidratações

As hidratações podem ser feitas, inclusive em casa, não necessitando que a pessoa vá a salões. É importante, apenas, escolher produtos que sejam específicos às necessidades dos fios.

As máscaras de nutrição ou umectação ajudam a repor os lipídios dos fios, então, no geral é composta por óleos nutritivos. Além disso, conferem vitalidade. As de hidratação ajudam a repor a água e conferem maciez e maleabilidade.

Já as de reconstrução repõem a massa e a queratina, devolvendo proteínas e aminoácidos, muitas vezes perdidos com as químicas. A função delas é deixar os cabelos mais fortes.

Intercalar os três tipos é uma boa pedida, pois dará todos os alimentos que a estrutura capilar precisa. E se os fios tiverem alguma química, os cuidados devem ser ainda maiores.

3. Não abuse das altas temperaturas

Tanto secador e chapinha quanto água muito quente costumam roubar a água e a proteína dos fios. Isso os enfraquece e os tornam mais quebradiços e sem vida.

O ideal é tomar banho com água morna, além de deixar tais apetrechos um pouco de lado em alguns dias. Cabelos naturais também podem ser bonitos. Se o clima permitir, deixar cair água mais fria nas madeixas, nos últimos segundos, antes de sair do chuveiro, ajuda a aumentar o brilho.

4. Lave-os da maneira correta

Você sabia que existe uma maneira adequada de lavar o cabelo? O recomendado é esfregar o couro cabeludo com as pontas dos dedos e com delicadeza. O comprimento dos fios não podem ser esfregados, pois esse comportamento faz com que eles quebrem. Lave-os, passando as mãos suavemente, com um pouco de shampoo.

Além disso, é importante usar os produtos de acordo com os tipos de madeixas, como para cabelos oleosos ou crespos.

5. Mantenha uma boa alimentação

A alimentação saudável é um dos principais passos para conseguir cabelo bonito. A hidratação de todo nosso corpo, e isso inclui os fios, vêm de dentro para fora, assim aquilo que comemos tem a capacidade de nos abastecer com bons nutrientes.

Procure ter um balanço de todos os grupos alimentares. A vitamina E pode ser consumida na gema de ovo. A vitamina A pode ser encontrada na cenoura, no tomate e no mamão. Vitamina C, no morango, na laranja e no limão. Ferro, no feijão, na beterraba e no fígado. Ômega 3, no salmão e nas nozes. Zinco, no amendoim e nas sementes de abóbora.

Além disso, a água é essencial para que nosso organismo, com todos os órgãos e hormônios, trabalhe em equilíbrio. A regra é 2 L diários. No entanto, essa quantidade pode sofrer alterações de acordo com peso, altura, atividades físicas e outras necessidades de cada um.

6. Corte as pontas de vez em quando

Com o passar do tempo, as pontas vão ficando ressecadas, com aspecto feio e com fios duplos. Isso também faz o cabelo perder a vitalidade, a força e o balanço. O corte, além de retirar aquela parte mais fraca, ajuda a estimular o crescimento, promovendo a renovação dos fios.

Outro benefício é o fato de livrar as madeixas dos embaraçados e nós constantes, que acontecem quando as pontas estão em um estado ruim. Madeixas com tintura e alisamento merecem ainda mais atenção nesse aspecto, pois os produtos podem provocar a fragmentação da cutícula, ocasionando mais facilmente pontas duplas e triplas.

Se o seu receio de cortar for grande, converse antes com o cabeleireiro e deixe bem explicado que você quer apenas tirar as partes ruins, para que os fios cresçam mais saudavelmente.

7. Penteie-o do jeito certo

Assim como a lavagem, a forma de pentear o cabelo também pode acabar com eles. O correto é começar a desembaraçar das pontas, para depois ir subindo, aos poucos, pela extensão dele.

Além disso, cada tipo de fio pede uma escova diferente. Por exemplo, cabelo crespos ou muito cacheados se dão bem com pentes de madeira e com dentes largos. Além do mais, eles só podem ser penteados enquanto molhados. Já a escova modelo raquete é boa para desembaraçar cabelos longos e lisos.

8. Proteja-o com finalizadores específicos

Existem diversos tipos de finalizadores no mercado, cada um com suas peculiaridades. O óleo de argan é rico em ácidos graxos e vitamina E, proporciona nutrição, livra os fios de frizz e os protege contra agentes externos, como sol, poeira e o calor do secador.

Modeladores em creme ou em gel líquido ajudam a definir cachos, deixando-os hidratados. Já a cera pode dar um estilo a mais às madeixas, deixando-as modeladas, além de ajudar a retirar o arrepiado.

Quando o assunto for praia e piscina, procure por leave-ins com FPS (Fator de Proteção Solar). Além da proteção solar, eles serão uma barreira contra cloro e sal, diminuindo os danos causados.

Essas dicas não são difíceis de serem seguidas e, a partir do momento em que virarem costume, você terá mais chances de ter aquele cabelo bonito que você sempre quis.

Gostou do conteúdo? Siga-nos no Facebook, no Instagram e no YouTube, e acompanhe mais de perto outras informações importantes, como essas, para suas madeixas!