alisamento

Saiba quais são os tipos de alisamento e os cuidados necessários com os cabelos

Shampoo: guia de como usar esse produto nos cabelos

Muitas pessoas adoram mudar o visual com frequência. Dentre os estilos mais populares, o alisamento nos cabelos é ideal para quem gosta dos fios bem esticados e alinhados, aproveitando ao máximo seu comprimento.

Provavelmente, você já sabe que existem várias formas de alisar os fios, mas você conhece as características de cada uma? No post a seguir, descubra algumas dessas técnicas, quanto tempo duram e como fazê-los. Veja também quais são os cuidados para manter esses fios lisos, bonitos e saudáveis. Boa leitura! 

Afinal, quais são os tipos de alisamento? 

Alisar o cabelo com chapinha? Fazer escova definitiva? Quem quer fios lisos precisa pensar bem em cada método. Afinal, eles têm durações diferentes e passam por processos mais ou menos invasivos. Abaixo, citamos alguns exemplos!

Escova progressiva 

A popular progressiva é o tipo de escova ideal para quem não quer o cabelo liso para sempre, mas com certa duração. Rendendo aproximadamente 3 meses, ela deve ser refeita nesse período para que o aspecto liso continue. No retoque, se o produto for aplicado na parte que já foi processado o alisamento, o liso pode ser prolongado, porém é uma técnica que também permite o retoque apenas na raiz. A escova progressiva pode ser realizada em todos os tipos de cabelo. 

O processo pode levar cerca de 3 horas e o ideal é que seja realizado por um profissional que possa fazer a aplicação de forma correta. Antigamente, nessa técnica, era utilizado um produto com base de formol; hoje, este princípio ativo não é permitido no Brasil para alisamentos. A escova progressiva utilizada hoje também é chamada de alisamento ácido e o princípio ativo mais comum é o ácido glioxílico complexado com carbocisteína; ela age na estrutura capilar e modifica a conformação da queratina no córtex.

Comercialmente, estes produtos podem ser encontrados com os mais variados nomes: Botox, Realinhamento Capilar, Creme Alisante, Escova Redutora, dentre outros. O procedimento de aplicação também pode variar – a maioria das orientações é lavar os cabelos, aplicar o produto, aguardar o tempo indicado pelo fabricante, enxaguar e, em seguida, os fios passam por uma escova e são selados com chapinha.

Escova definitiva 

Conhecida também como alisamento permanente, a escova definitiva é umalisamento duradouro, cujo retoque é feito somente conforme o crescimento.

De forma geral, ela dura cerca de 6 meses e para fazê-la é fundamental que o cabelo esteja saudável. Trata-se de um processo mais invasivo, pois mexe com a estruturainterna da fibra. Por isso, é indicado para cabelos ondulados, cacheados e crespos, com o intuito de deixar os cabelos lisos. 

Para fazê-la, o profissional utiliza um produto de alisamento. Os princípios ativos mais comuns nesses produtos são: hidróxidos ou tioglicolato de amônia. Após a realização do alisamento, de acordo com a indicação do fabricante, o profissional realiza uma escova e o cabelo é pranchado mecha a mecha.

Relaxamento 

Para cabelos armados, com frizz ou muito volumosos, é indicada a técnica de relaxamento. Nesse processo, normalmente é utilizado o mesmo produto destinado a escova definitiva, porém, a técnica realizada pelo profissional é diferente e o tempo de ação do produto também é reduzido. O resultado depende do tipo de cabelo que é processado, por exemplo, deixa os cabelos ondulados mais lisos e os cacheados mais definidos. 

Sempre seguindo as orientações do fabricante, após a realização da técnica do relaxamento, o cabelo pode ser finalizado como desejar. Neste procedimento, os cabelos tendem a ficar com um aspecto mais natural, que pode durar de 6 a 8 meses, sendo retocado na raiz.

Quais os cuidados necessários ao fazer um alisamento? 

Para escolher a melhor técnica de alisamento, tudo depende de quão liso você quer o seu cabelo. Mas independentemente disso, todas elas vão exigir que você siga alguns cuidados.

Fazer um cronograma capilar 

Como alguns processos de alisamento são bastante invasivos, é importante seguir os cuidados do cronograma capilar. Dessa forma, você garante que os fios serão mantidos constantemente saudáveis. Assim, também é possível prepará-los para o retoque ou outro processo químico. 

Fazer reconstrução 

Depois de alisar, é preciso reconstruir o cabelo, já que os ativos desses produtos são bastante fortes. Para isso, vale a pena usar produtos específicos para cabelos quimicamente tratados, que podem repor massa e nutrientes perdidos. 

Distanciar processos 

Se vai colorir o cabelo e fazer progressiva, o ideal é aplicar a coloração antes do alisamento, cerca de 15 dias, sempre se preocupando com a compatibilidades entres os produtos que serão aplicados e os produtos aplicados anteriormente.

É fundamental que um teste de mecha seja realizado. Nesse prazo, é importante manter a hidratação e fazer uma análise do cabelo, para garantir que ele esteja saudável o suficiente para ser alisado. 

Aplicar cuidados básicos 

Logo após o alisamento, é indicado aguardar 48h para a primeira lavagem. Além disso, é preciso ter cuidados básicos, então, é importante que você:

  • use protetor térmico sempre antes de uma ferramenta de calor; 
  • mantenha a hidratação semanal; 
  • lave o cabelo em dias alternados para o efeito liso durar mais; 
  • utilize produtos com proteção solar. 

Escolher os melhores produtos 

É muito importante que no cuidado com os cabelos alisados sejam usados produtos específicos, pois são feitos com compostos ideais para recuperar danos, restaurar a fibra capilar e ainda promover uma hidratação profunda. 

Dentre as opções, você pode aproveitar as linhas da Haskell. A Liso com Força, por exemplo, conta com blend de ácidos, açúcar e biotina para disciplinar e hidratar os fios, bem como aumentar sua resistência.

Você pode começar usando o shampoo e o condicionador para uma limpeza profunda, além de contar com a máscara entre as duas etapas. Depois é só passar o finalizador disciplinante e ter cabelos mais lisos desde a primeira aplicação. 

Já a linha Pós-Progressiva foi elaborada para cabelos que passaram por progressiva, mas nada impede que quem realizou outros tipos de alisamentos também utilize a linha.

Com um mix de óleos selecionados, a linha Pós-Progressiva da Haskell promove restauração, nutrição, força e brilho, prolongando os efeitos do alisamento e reduzindo o frizz. Assim, você pode usar o shampoo, o condicionador e a máscara para as etapas do cronograma capilar e finalizar com o leave-in no dia a dia. 

Fazer alisamento nos fios é uma forma de mudar o visual e até controlar o volume. Mas cada tipo tem suas características, por isso, é importante conhecê-los bem, antes de optar por alguma técnica. É fundamental seguir certos cuidados depois do processo, para manter os cabelos não só lisos, como também hidratados, nutridos, saudáveis e prontos para outra! 

Quer um cabelo liso incrível e bem cuidado? Confira no nosso site todas as opções para cabelos alisados e escolha a sua! 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.